Home / Saúde / Importância da musculação para idosos

Importância da musculação para idosos

Nos dias de hoje, a prática de esportes e exercícios físicos, é essencial para manter o corpo e a mente saudáveis, em que isso serve para qualquer idade, e a importância da musculação para idosos vem sendo cada vez mais comentada.

A prática dos exercícios físicos tem despertado dúvidas nas pessoas que não sabem se podem ou se conseguem, mas, na realidade é que muitos especialistas, seja da saúde ou da educação física, defendem sempre a musculação para idosos.

No entanto, é preciso que os idosos respeitem e entendam os limites do corpo, inclusive os que são impostos pela idade, porém, nada impede que o treino de musculação para idosos seja adaptado devidamente para pessoas da terceira idade.

 

Conheça mais sobre a importância da musculação para idosos

Atualmente, tem se falado muito da importância da musculação para idosos, sendo esta uma prática que pode ser feita por qualquer pessoa, desde que contem com profissionais para atender e atingir os objetivos com sucesso e sem lesões.

O único motivo que acaba fazendo com que a musculação venha a ser uma contraindicação é uma prescrição médica que apresente um diagnóstico falando que o idoso não deve realizar exercícios de musculação.

Normalmente, além da qualidade de vida que a musculação para idosos pode garantir para quem é praticante, na terceira idade tal atividade pode fortalecer o tratamento e a prevenção de doenças do sistema esquelético, como a osteoporose.

Assim, é essencial que seja trabalhado o fortalecimento das articulações, tendões e ligamentos, sendo que nessa fase da vida é preciso de atenção redobrada em praticamente todos os quesitos, pois tudo ocorre com maior frequência.

Além disso, a musculação para idosos pode ainda ser fundamental para controlar a prevenção do colesterol, diabetes e as alterações da pressão arterial, além de ativar o sistema metabólico.

Em relação aos aparelhos, estes são os mesmos, pois os exercícios irão depender da adaptação e reflexão quanto ao grau de dificuldade e a carga que deve ser para o idoso.

Mas, na musculação para idosos é preciso usar aparelhos de máquina ou articulados, como supino, remada, extensão de tríceps, rosca direta, trabalho de extensão e flexão de joelhos e abdominais.

Assim, em tais exercícios é interessante que o idoso sempre busque trabalhar o método alternado por segmento, além de trabalhar em série e com pouca carga moderada e repetições.

No entanto, para que os resultados sejam alcançados, é fundamental que os idosos sempre busquem realizar avaliações médica e física, além de terem um treino montado especificamente para cada um deles.

Geralmente, tal orientação é estendida para pessoas de todas as idades, as quais devem ficar atentas e pedirem a devida orientação para profissionais qualificados antes de praticarem quaisquer exercícios de musculação.

Em determinados casos, pode ser que o médico acabe pedindo que o idoso realize alguns exames clínicos ou de laboratórios antes da liberação de praticar musculação.

Vale ressaltar que não se deve esquecer de comentar que a musculação para idosos também pode ser um hobby, sendo que mantem a mente mais desperta, onde além de garantir muitos benefícios físicos, existem muitos outros, como controle da glicose, por exemplo, o que reduz as chances de diabetes.

Por isso, para que haja bons resultados com a prática da musculação para idosos, é preciso que haja a busca por uma academia adequada, pois é necessário pensar sempre no bem-estar e nos cuidados com o corpo.

Portanto, quanto a importância da musculação para idosos, tal prática garante o enrijecimento de toda a musculatura, além de ajudar na melhora da qualidade de vida, em que promove saúde, bem-estar, prevenção e tratamento de doenças ou outro tipo de complicação na saúde do idoso.

Sobre rafael

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *